Sempre o Joãozinho…

No confessionário, chega o pequenino (mas velho conhecido) Joãozinho e confessa:

– Padre, eu pequei. Fui seduzido por uma mulher casada que se diz séria.

– És tu, Joãozinho?

– Sou, Sr. Padre, sou eu.

– E com quem estivestes tu?

– Padre, eu já disse o meu pecado… Ela que confesse o dela.

-Repara, mais tarde ou mais cedo eu vou saber, assim é melhor que me digas agora. Foi a Isabel Fonseca?

– Os meus lábios estão selados.

– A Maria Gomes?

– Por mim, jamais o saberá…

– Ah! A Maria José?

– Não direi nunca!!!

– A Rosa do Carmo?

– Padre, não insista!!!

– Então foi a Catarina da pastelaria, não?

– Padre, isto não faz sentido. O Padre rói as unhas desesperado e diz-lhe então:

– És um cabeça dura, Joãozinho, mas no fundo do coração admiro a tua reserva. Vai rezar vinte Pais-Nossos e dez Ave-Marias… Vai com Deus, meu filho…

Joãozinho sai do confessionário e vai para os bancos da igreja. O seu amigo Maneco desliza para junto dele e sussurra-lhe:

– E então? Conseguiu?

– Consegui. Tenho cinco nomes de mulheres casadas que dão para todo mundo.

Anúncios

4 Comentários

  1. sahuasuhusha
    boaaa !

  2. boa
    mais podia ter dado mais enter neh ?
    pro texto fikar melhor (Y)
    poosta lah akilo q eu t passei the killer gay

  3. SAIUDHIUAHSDIuhIAUSHDiuhASIUDH lol

  4. tudo tem sua hora Samulay biba


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: